Quando criada, a lei consentia até 6 decigramas por litro de sangue, porém com o passar do tempo, foi enrijecida e atualmente já vale para motoristas que demonstrarem 0,1 miligrama por litro de sangue. Com isso, há algumas polêmicas acerca da lei e o teste do bafômetro - sobretudo em relação à alimentos que contenham álcool em sua composição, como o bombom de licor, por exemplo, ou o uso de enxaguantes bucais. Entretanto, especialistas afirmam que tanto a ingestão moderada do bombom quanto o uso do enxaguante não são identificados pelo aparelho dentro de até uma hora após o consumo e/ou uso. Em caso de recusa ao teste, a justiça prevê a possibilidade de apresentar recurso para multa de bafômetro, a fim de impedir que o motorista perca sua habilitação. Para elaboração deste recurso, contrate nossos serviços, será um prazer ajudá-lo.

Criado em: 26/03/2019 - 10:03


Sobre a categoria dessa página Automotivo: Confira diversos artigos explicativos sobre mecanismo automotivos, como tipos e funcionamentos dos mesmos, e retire suas dúvidas conosco.